Fazendo o que mais amo…

Musica

Desde criança sempre fui apaixonada por dança, minha mãe conta que a primeira exibição dessa paixão aconteceu quando eu tinha três aninhos. Estava na casa do meu tio que era nosso vizinho e estava tocando um sambão, correram em casa para chamar minha avó e ela para ver, eu em cima dos meus tamanquinhos brancos (aqueles com solado de madeira e uma fivela na frente) me requebrando toda. Hahaha! Minha mãe demorou a ir olhar, quando chegou eu estava cansada já e tinha parado de sambar..

Não lembro de ninguém me ensinando a sambar, eu simplesmente sabia. Meu pai dançava comigo às vezes, meu tio Fernando também, eu adorava, me sentia tão livre nos braços deles.

Ao longo da minha vida a dança sempre esteve presente. Fiz balé por alguns anos, mas não pude levar isso adiante, éramos pobres e minha mãe não tinha como bancar as apresentações e nem o custo das roupas. Foi frustrante ter que abandonar o balé.. aos 13, 14 anos comecei a frequentar as matinês dos clubes perto de casa e adorava! Ia com minha irmã, nossas amigas do colégio, os amigos do bairro, dançávamos em grupo, era moda fazer uns passinhos. Ahh época boa!

Quando eu estava com meus 19/20 anos descobri a dança de salão através das amigas Gabriela, Melissa e da mãe delas, minha querida tia Rose. Treinava com o irmão delas e depois íamos para os bailinhos, pelo menos 3 vezes na semana estávamos nas pistas do Circo Voador, Clube Municipal (morávamos em frente), academia do Carlinhos de Jesus e Jaime Aroxa. Nessa época eu perdi peso sem nem sentir e amava muito dançar, mesmo que no fim dos bailes meus pés doessem, valia muito a pena.

Enquanto morei na Noruega até tentei achar uma academia de dança, mas não achei uma que tivesse aulas de bolero, samba, zouk, salsa, soltinho, etc. Ou era dança do ventre ou somente salsa. Nem tentei levar meu ex, porque achava que ele não ia gostar ou conseguir acompanhar, sem falar no receio dele ter um ataque de ciúmes. Porque vocês sabem, na dança de salão as pessoas trocam de parceiro, dançam com outras pessoas sem problemas. Para um inciante acho que ele deveria começar com ritmos mais lentos.

Mas estou de volta e tratei de aceitar o convite da minha cunhada (a brasileira que é madrinha do meu filho) para assistir uma aula de um amigo dela que é professor de dança. Foi suficiente para decidir voltar com tudo! Que coisa maravilhosa foram os 90 minutos de aula. Me senti muito bem, muito mais leve e muito mais animada no fim da aula! Já vou me matricular para o mês de junho e dia 6 já estamos indo comemorar o aniversário de outro professor numa big festa!

Quilos extras, neuras, dores, tristezas, toxinas, pensamentos inúteis ADEUS! Na minha vida agora só coisas boas, pessoas bacanas, dança, muita dança, alegria, sorrisos. Vou fazer umas fotos ao longo dos meses pra vocês verem a transformação do corpo de baleia para o corpo de sereia. Rs! E viva a vida!

Anúncios

12 comentários sobre “Fazendo o que mais amo…

  1. Oi, Daniela.
    Fiquei um bom tempo sem acessar o blog por motivos pessoais e vi que sua vida deus uns 360° durante esse tempo. Fico feliz por ver que vc está bem e ao lado dos seus amores ( filho, mãe ). A dança é algo mágico… Amei essa frase e copiei aqui:
    ” Dançar é assinar com o corpo, a própria carta de alforria. Libertar-se dos preconceitos. ” Cristiane Vaccarezza

  2. Que legal Dani, dançar libera uma serie de tensões no corpo e stress também, e faz muito bem para a saúde , perde peso e queima muita caloria. até mais que uma academia. não existe nada mais gratificante do que cuidar de si própria, até porque ninguém vai fazer isso por nós neh? Fico super feliz que você esta bem , grava uma aula de dança no blog para vermos qualquer dia desses =) Bjs

    • Acho que mais do que prazer que a dança proporciona, sempre gostei de dançar.. eu sentia muita falta de contato físico com outras pessoas, de calor humano, de um papo com pessoas com o mesmo interesse que eu. E não estou falando só dos homens, claro que dançar com um homem cheiroso, educado e que me ensina novos passos enquanto nos divertimos é ótimo, mas tb conheci mulheres bacanas nas aulas de dança. Ampliar o círculo de amizades é sempre bom e o pessoal que dança tem um quê muito especial. O astral deles é elevado, feliz.. e isso é maravilhoso 🙂

      Vou gravar sim, amanhã tenho aula.. prepare-se para me ver dançando forró.. é a que eu mais domino..ahahhaa! Bjs Re!

  3. Ola Daniela
    Eu também sou apaixonada por dança, fiz quase tudo que você fez, estudei clássico e jazz e me apresentava ate os 35 anos, junto com a minha filha mais velha. Ai tive que parar.
    Mas vá em frente, nada melhor do que fazer o que nos da prazer, não tem nada melhor e mais gratificante. Assisto todos os vídeos que você posta, são lindos.
    Boa sorte na sua vida de dançarina.
    Um abraço.

    • Eu viajo nesses vídeos.. em breve farei fotos e vídeos das aulas, aí posto lá para vcs verem 🙂 Estou amando mesmo ter voltado a dançar, socializar mais e conhecer novos amigos. Se vier ao Rio me avise, vamos sair para nos divertir. Bjs

  4. Daniiiiii. Eu estou sem pc e estava esperando o meu laptop arrumar para ler os blogs totais neh, mas ai tava demorando muito e entao eis q hj eu decidi entrar e ler todos e comecei pelo seu. CARACA quanta coisa aconteceu hein? Fico feliz em saber que esta feliz ai, tb como nao estar feliz nesse pais lindo de tudo e do lado da mae, filho e amigos? ehhehehheh Sofro todos os dias de saudade heheheh.
    Eu gostaria de gostar de dancar e saber tb neh ehehheheh, mas nao eh muito a minha praia apesar de achar lindo.

    Felicidades Dani nessa sua nova fase ai, so espero q nao pare com o bloguito 🙂

    BJs

    • Melhor coisa que eu fiz foi voltar para casa! Felicidade é pouco para explicar..ahaha! Estou indo para mais uma aula de dança, essa semana tem mais novidades! Claro que passar o aniversário do filho e da mamãe com eles é outra coisa. Eles fazem niver perto..ehehe.

      Dançar é tão bom… eu sou suspeita para falar né? Obrigada querida por ter vindo por aqui me ler.. e pode deixar que o blog não vai parar não. Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s