Imigrar

Imigrar é se desapegar.
É se lançar…
É conhecer culturas…
Novas aventuras…
Totalmente desprotegido se jogar ao desconhecido.
É calejar de saudade…
E pedir de caneca, gestos de bondade.
Romper com raízes…
E criar cicatrizes.
É chegar desprevenido a mercê de bandidos.
Confiar no desconhecido que logo te tornas arrependido.
Receber sorrisos e de início acreditar que são verdadeiros abraços…
E mais tarde perceber que são totalmente falsos.
Viver na insegurança de um futuro que de real só há a esperança.
É ir e voltar em eternas despedidas, que te faz refém dar idas e vindas.
É sofrer da Síndrome do Aeroporto, da qual os sintomas passam por dor no peito, taquicardia, lacrimejamento, arrependimento, dúvidas, inseguranças, vontade de ficar, vontade de voltar.
É abraçar os mais velhos na despedida
E não saber se ainda os veremos com vida.
Imigrar para uns é sofrer, para outros é vencer.
Para os que sofrem em demasia, imigrar passa a significar prisão, escravidão.
Vira mesmo uma patologia, uma enfermidade…
Que a cura está no voltar ao seu país, à sua cidade.
Para os que vencem imigrar às vezes é meio dúbio; uma mescla de vitória merecida com a alma dividida.
Não há ao seu redor um amigo de infância…
Não há como partilhar as lembranças de criança.
A pergunta: “Está valendo a pena?” é uma constante neste tema.
Conclusões a parte, imigrar é fazer valer.
Vencendo ou perdendo, é fazer do perder um novo saber.
É ser o ator principal de uma peça apresentada no estrangeiro,
Onde ninguém lhe entende,
Mas você se faz presente.
É formar guetos,
porque é o jeito!
É buscar calor…
É fugir da dor…
E no meio dos novos amigos, até nos sentimos queridos.
Senão morremos de solidão…
Senão vivemos em solidão.
Passamos a ter um sentimento agridoce…
O doce e o salgado se misturam num coração dividido,
que sente os dois sabores despendidos.
A vida tem um ponto onde foi bifurcada, onde pegamos o caminho que sai do caminho.
O curso natural é mudado e criamos um novo caminho, onde não ficam pegadas marcadas no chão, porque é um caminho de solo duro, que na maioria das vezes não conseguimos voltar, porque não há pegadas, que indiquem o caminho de volta.
Imigrar é transpor um oceano de dificuldades …
e chegar em uma terra nova com um futuro sem muita especificidade.
Enfim, imigrar é sair de si mesmo, para mais tarde tentar se reencontrar…
É se desacomodar, para mais tarde achar algo mais cômodo…
É buscar um novo mundo e fazer dele o seu próprio mundo.
Com perdas e ganhos…
Com encontros e desencontros…
Tropeçando, caindo e levantando…
E o mais importante, é o não desitir e sim o persistir rumo ao objetivo fixado, ao sonho idealizado.

Euler Rocha

Li esse texto no Facebook de uma amiga e me vi em muitas frases. Essa em especial: “Imigrar é transpor um oceano de dificuldades … e chegar em uma terra nova com um futuro sem muita especificidade. Enfim, imigrar é sair de si mesmo, para mais tarde tentar se reencontrar…” 

Anúncios

4 comentários sobre “Imigrar

  1. Ola Daniela
    Amei este seu post; acho que diz tudo sobre a Imigraçao (seja la porque motivo for), mas sempre é uma experiencia singular e individual.
    Nao sei se eu consegueria viver nos moldes dos “homens noruegueses”, muito frios e distantes, sempre alheios aos “nossos problemas ” ou mesmo as nossas necessidades.
    Mas como diz a minha filha que ficou viajando 9 anos pelo mundo dentro de um navio, e a 1 ano (depois de casada) esta morando no Brasil, é ainda muito difiicil voltar a morar no Brasil, ela estranha muito.
    Mas enfim, desejo-lhe o melhor que o meu coraçao possa lhe desejar.

  2. Bom. eu conheço pessoas que são felizes la fora , mais elas tem algo em comum, encontraram alguém que apoiasse elas em todos os momentos e nunca a criticaram ou subestimaram sua inteligencia e capacidade, como fizeram comigo, uma amiga inclusive não quis ter filhos na noruega porque lá só fazem parto normal. e o marido dela deu todo o apoio para ela vir fazer cesária aqui no brasil. achei isso tão bacana, ela tem 3 faculdades e sabe falar 3 línguas fluentes e o marido dela nunca a pressionou para encontrar emprego como fizeram comigo, esta é a grande diferença. aonde quer que você esteja , se estiver ao lado de uma pessoa que te apoie e queira caminhar ao seu lado, ela sempre vai encontrar uma forma de te ajudar e jamais vai criticar. eu vi em um blog uma frase muito interessante e queria compartilhar com voce, (Once you’ve landed overseas, the strength of your relationship is put to the test and you find that you have to rely on each other in ways that other couples don’t). by http://edgeofthearctic.wordpress.com/2013/03/22/a-community-of-love-refugees/ Quando eu li essa frase eu pensei muito em tudo o que eu passei, e em varias pessoas que passaram e estão passando pela mesma situação. Bjs

  3. Bom.. esse texto resume bem o que eu passei também , chega uma hora que agente se convence apenas de uma coisa. para todos os lados sempre vamos encontrar dificuldades e problemas . mas quando esses problemas são enfrentados no meio do seio da nossa família e de verdadeiros amigos e um companheiro, eles são superados com mais facilidade. Beijos … Fica com DEUS.

    • Eu só discordo do texto qdo ele fala sobre quem “venceu” nesse caso. Imigrar e ficar no país em questão, se adaptar é vencer? Porque eu vejo pessoas que imigraram, vivem fora, mas não são completamente felizes. E os esforços dos outros se torna inválido caso a adaptação não aconteça e o caminho seja voltar para casa? Como vc disse Renatha, sem apoio do seu companheiro fica difícil mesmo, pois a mudança é mto grande em todos os sentidos, especialmente o emocional.

      Uma das sensações que eu tive foi essa, me desconstruí para me tornar outra pessoa e essa pessoa eu não gostei de ser. Talvez com mais tempo as coisas se acalmasse e encaminhassem, mas foi um processo mto estranho mesmo..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s