Russ party – Free hugs

Todos os anos, antes dos exames finais em maio, os adolescentes noruegueses compram e decoram velhos ônibus e vans e rodam o país comemorando o fim do “high school” aqui na Noruega. Celebram por semanas com brincadeiras e diversão, eles pertencem ao “RUSS” e se vestem com macacões vermelhos, azuis, verdes, pretos ou brancos. Na minha região vemos muitos vestidos com a cor vermelha. Cada cor representa um tipo de estudo, mas em alguns lugares a cor é determinada pela escola. Em Stavanger, por exemplo, se o diretor foi um Russ Azul, os alunos então usarão azul também.

Vermelho: identifica os estudos gerais (matemática, física, biologia, história, literatura, inglês, etc), mídia e comunicação, arte, música, dança, teatro e atletismo usam vermelho, a cor mais comum. Azul: para os que estudaram economia e administração.

Preto: Cursos de formação profissional (ex: carpintaria, culinária e eletrônica).  Verde: Cursos agrícolas. Também podem usar o laranja como a cor escolhida.

Branco: em algumas regiões os alunos de atletismo ou estudantes de saúde, escolhem o branco. Muitas vezes podem formar grupos menores para celebrar sem ter que cumprir os “knots” e sem a pressão para beberem.

Além dos macacões, bolsas e mochilas exclusivas, feitas com essas cores e a identificação de cada grupo eles também usam chapéus, boinas e bonés onde vemos pendurados por cordas as prendas alcançadas após terem cumprido as metas estipuladas pelo líder do grupo, são os chamados “knots”. Que variam das mais simples e fáceis a umas bem bizarras.

Por exemplo: correr nu no centro da cidade à luz do dia, abraçar o maior número possível de pessoas na rua, morder a perna de um policial e latir como um cachorro, comer um big mac em duas mordidas, passar uma noite em cima de uma árvore, andar de quatro na escola durante o dia, beber uma garrafa de vinho em 20 minutos, transar com o presidente do grupo ou com pelo menos 17 parceiros e mais umas tantas decididas pelo grupo e limitadas pela imaginação deles.

As comemorações começam já no dia 01 de maio e se estendem até o dia 17 de maio, dia Nacional na Noruega quando eles desfilam pelas ruas com seus carros de som, ônibus, vans numa grande farra.

Estava no centro da cidade essa semana, esperando o horário do meu ônibus, aproveitei e fui dar uma volta no shopping que fica colado na estação de bus. Vejo vários deles nos ônibus, nas ruas.. é uma festança sem fim, eles estão sempre animados, brincando.

Então, quando estava indo em direção a estação de bus, passei por um grupo que estava no shopping. Um deles pulou na minha frente e educamente me perguntou em norueguês: “Oi, com licença, você pode me dar um abraço de felicitações?”, achei engraçado, mas a gentileza dele me tocou.. claro que disse sim e dei o abraço no rapaz. E lá se foram eles brincando, e abraçando mais pessoas. Ganhei um free hug!🙂

Sim, se eu não abrir a boca, ninguém percebe que sou brasileira e não uma norueguesa…🙂 Pedem informação, falam comigo na rua normalmente, comentam sobre o tempo, o atraso do bus, acho engraçado isso. Hehe!

9 comentários sobre “Russ party – Free hugs

  1. A besta aqui procurando la embaixo como comentar o blog e depois de uns tres minutos vi que agora fica na perte superior a esquerda…hhaaha Eu achei essa postagem super interessante, eu sempre vejo aqueles estudantes super divertidos, e nao sabia o significado, muito bacana voce ter dividido isso conosco. Beijos

    • Hehehe.. isso é coisa do template, em breve pode mudar de novo, pq estou procurando outro modelo😛 Eu tb não sabia o que significavam as cores ou pq eles se vestiam assim, até perguntar pro marido. Quando eu souber de mais coisas, posto por aqui. Bjs

  2. Dani…EU-AMEI saber dessas cores, sempre via e nunca parei pra pensar no motivo delas, vc como sempre mega super antenada, adoro!!
    Obg minha querida, pelo carinho, amizade e respeito, vc é muito especial viu!
    Um grande abraco.

    • Hehehe… obrigada Wilqui! Vc tb é uma pessoa especial para mim, ainda bem que vc sabe disso, mas eu gosto de lembrá-la😛

      Eu ia comentar isso numa frase no FB, mas decidi falar aqui no blog e achei que seria bom ler sobre isso e comentar. Marido me ajudou claro, pois eu perguntei primeiro para ele porque eles se vestiam assim. E o post era só para dizer que ganhei um abraço de um deles, uma coisa tão simples mas que me encheu de alegria no dia. Para vc ver o meu nível de carência…. Bjos

  3. Parabéns Daniela, sempre estou por aqui lendo seus relatos. São todos bem interessantes e leio também os de Wilky q adoooro o jeito dela. Só tenho a aprender com vcs, ainda sou recente aqui na NO por isso sempre procuro ler mas quem sabe depois faço algo para propagar a cultura daqui também. Abraços.
    Aline Costa

    • A Wilqui é mto especial mesmo, acho ótimo os vídeos dela, divertidos, simples mas o jeito dela falar é que torna isso mais bacana, aquela doçura e pureza que só ela tem. Sem falar no jeito engraçado como ela conta umas coisas.. eu me divirto qdo conversamos.

      Vc tem quanto tempo aqui? Já está aprendendo o norueguês? Bom saber que o que eu escrevo (que são mais minhas experiências pessoais mesmo) servem para alguma coisa.  Eu acho mto válido dividir nossas experiências aqui, serve para a família e os amigos no Brasil nos acompanharem e também para termos boas coisas para recordar. Faça sim algo para falar do assunto.

      E seja bem vinda a Noruega!

      • Verdade, Wilqui tem um jeito bem bacana d expor a visão dela eu adoroo. Um total d 7 meses q estou por aqui, estou na escola sim só que nunca consegui terminar um módulo pois qd eu estava pertinho d terminar o 1 tive q voltar as pressas por BR por caso d vida ou morte e no meu caso veio meu Pai a falecer, mas to seguindo a vida sim.
           Pois é, sempre estou lendo os blogs q acho interessantes d Brasileiros na NO, acho q só tenho a aprender c isso. Sempre penso em fazer algo, vamos vê pela frente.Obrigada.
        Aline Costa.

  4. Adorei Dani sua explicação sobre estes jovens. Sempr os vejo pelas ruas, e pensava que eles eram recem universitarios. Minha amiga me falou que eles tinham terminado o segundo grau, mas nao sabia das cores e dos trotes.
    Sempre  aprendo mais aqui com voce.
    Um bom final de semana
    bjos

    • Obrigada Fatima, é bom falar da cultura deles. Meu marido sempre fala sobre esses assuntos e passear com ele é ótimo pq ele tem o maior prazer em falar do lugar, da história da terra dele e isso eu acho mto bom.

      Agora que vc já sabe um pouquinho mais sobre os Russ, observe-os nas ruas no dia 17 de maio, é bem divertido. Bem, eu acho a juventude uma coisa maravilhosa com essa energia inesgotável e essa alegria infinita, essa sede de viver. Aqui vemos mtos dos ônibus e vans que eles usam e é nítido o orgulho deles em mostrar que estão amadurecendo, terminando um ciclo da vida deles.

      Bjs e bom fim de semana pra vc tb!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s