Vida corrida

Oi pessoas, andei ocupada e meio sem assunto, por isso a ausência por aqui. A primavera chegou, a neve derreteu e a temperatura está bem melhor agora, com isso acabamos por aproveitar mais os dias. Sem falar que temos luz do dia até umas oito e meia.

Ando contando os dias para a chegada de duas amigas queridas, Bete e Wilqui, e também para me despedir do meu filho que retorna ao Brasil em maio. Não que eu queira que ele vá embora, mas sim porque agora a vida segue diferente, ele lá no nosso Brasil e eu aqui na Noruega.

O tempo dele aqui foi bem proveitoso, pensou e avaliou o que queria da vida, serviu como auto-conhecimento, recarregar energias para recomeçar com todo gás. Temos uns planos, mas por enquanto são só planos, um passo de cada vez e com certeza eles se realizarão. Fico mais tranquila também por saber que ele estará perto da minha mãe, ainda que temporariamente. Ela então nem se fala.. feliz por ter o neto de volta. Acho que ela sente mais saudade dele do que de mim.. hehe.

Fora isso, estamos na reta final do curso, vamos apresentar um trabalho no curso, em comemoração do International Day. Espero que consiga fazer algo bacana para mostrar um pouco mais do Brasil. Fizemos semana passada o Norsk Prove 1, para sabermos como funciona, foi bem fácil e errei pouca coisa. As oficiais são a prova 2 e 3. Nosso professor disse que em junho faremos uma simulação do Norsk Prove 2 (ai ai) e somente em novembro faremos a prova oficial. Medo, frio na barriga e mais confusão na minha cabeça com o idioma.

Encontramos no mercado, o professor de português que Espen havia comentado ano passado. Acho que será bem legal ele aprender minha língua, acho que é mais fácil que o norueguês. Não me surpreenderei ao ver Espen falando português antes de eu falar norueguês.. hehe.

Uma coisa boa, recebemos meus amigos Michel e Yanicet, com seus respectivos pares, para jantar. O prato principal foi moqueca de camarão, que foi aprovadíssima. Próximo evento vai ser churrasco, meio brasileiro e meio norueguês né.. vocês sabem, não pode faltar a bendita salsicha.. hahaha!

Fotos:

Moqueca Camarao

 

Anúncios

7 comentários sobre “Vida corrida

  1. Pois é, a vida é corrida por aqui e o povo no Brasil acha que temos que inventar o que fazer para não morrermos de tédio. Eu bem queria mais duas horinhas por dia pra pelo menos ver as séries que gosto e estão se acumulando na mesa da sala antes que eu devolva mais uma vez sem ver pra biblioteca.
    Como reta final do curso? Vocês já vão terminar este curso?

    Beijo

    • @Luciana Håland, Me expressei mal.. reta final no meu nível do curso, pq já estamos encerrando esse período e seguimos pro A2.

      Quem me dera Lu que estivesse mesmo no final do curso, mta coisa seria diferente, a começar que esse povo ia parar de me dizer para os procurar de novo quando meu norueguês estivesse melhor. Hehe. Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s