Um meio ou uma desculpa?

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.

Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo. O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem, mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial.

Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados. Não se compare à maioria, pois, infelizmente ela não é modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.

Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão. Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores, pois…

Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO…
Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa!

Anúncios

4 comentários sobre “Um meio ou uma desculpa?

  1. Sei não viu, eu já pensei assim e a coisa ficou no meaculpa. “Terrível, tudo planejado e dá errado, só posso ser retardada” e coisas pelo estilo. Até que cai a maçã na cabeça e vemos que 70% do mundo acontece sem nossa sujestão e tem sim disparidade de oportunidades entre as criaturas.

    Mas nada disso é o que interessa. A gente tem sim que ralar e no final pra dizer a verdade, quem lembra dos dias cinzas? Ou nos apegamos aos coloridos ou aos preto e branco. Bj

  2. Oi, Dani, legal ler isso, acho que e assim mesmo. Não é a toa que estamos aqui passando pelo que passamos. Mas tudo também tem que balancear, so sacrificios não vale a pena, pois será tarde demais para colher frutos. Espero que o meu tempo de colher chegue logo. Beijocas.

  3. Oi, Daniela, tudo certinho?
    Encontrei o seu blog no ‘Mundo Pequeno’ e vim fazer uma visitinha!
    MARAVILHOSO o post! Não enho como concordar mais!

    Também sou expatriada; sai do Brasil em 2000, e desde 2003, moro na Holanda. (O choque cultural existe e acaba sendo benéfico – de uma maneira ou de outra -. Sou da opinão que existem coisas boas e ruins em qualquer lugar do planeta! Nós é que temos que ressignificá-las à nossa moda!)

    Será uma alegria se visitar o meu cantinho virtual, que é: http://josanemary.wordpress.com/mevrouw-jane/

    E será uma outra alegria, se quiser ler o prefácio do meu livro: Mevrouw Jane (o prefácio não foi feito por mim, mas por um outro escritor, um já reconhecido no mundo literário). Se gostar – ou não – por favor, deixe um comentário; vou adorar ler a sua opinião!

    Tenha um ótimo dia!
    Grande abraço.
    Josane Mary

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s