Primeiras aulas de norueguês

Comecei ontem minhas aulas de norueguês e foi bacana, gostei do professor e dos meus colegas de turma. Por enquanto só tem eu de brasileira mesmo, tem alguns alunos da Polônia, China, Croácia, Kosovo e mais uns lugares que não lembro. Temos formado duplas desde a primeira aula e eu fico sempre com a Camilla, que é da Polônia e vive aqui há dois anos, uma graça de menina que, apesar de não falar inglês me ajuda um bocado.

Apesar de eu ouvir o idioma desde que cheguei aqui, não assimilei muita coisa pois só falo em inglês em casa e obviamente fora dela. Então está sendo meio pauleira acompanhar, pois o professor dá a aula em norueguês do início ao fim. Claro que ele explica uma coisa e outra em inglês, mas ele prefere nos fazer pensar e entender em norueguês mesmo. Nem pisco para não perder o fio da meada….

Estou aproveitando o tempo livre e assistindo uns vídeos no Youtube para me acostumar mais a falar as frases mais simples e agora marido via entrar na dança (todo feliz, diga-se de passagem) para me ajudar a soltar a língua. Apesar do medo dos erros, preciso disso, pois só assim vou aprender.

Tenho aulas de segunda à quinta, mas em horários diferentes. Entro às 9h às terças e quartas e às 10:45 às segundas e quintas. Comecei na quarta, mas estava tão zureta que achei que era terça.. ou seja, hoje eu deveria estar lá às 10:45 e cheguei às 9h. Subi para a sala e entrei junto com um rapaz que não estava na minha turma ontem, disse para ele em inglês.. Você não estava aqui ontem.. estava? Ele riu e não respondeu, eu pensei “ele não entende inglês”… Aí chegou mais um, dois, três alunos que eu nunca tinha visto, todos homens, e eu pensando “que merda é essa?? tem algo errado, na minha sala só tem dois rapazes”. Chega o professor (ave Maria.. lindo!) e eu perguntei “estou na sala errada? Você não é meu professor”. Aí ele me mostrou meu quadro de horários e disse “Hoje é quinta-feira… você só entra daqui a uma hora e 45 minutos”. Agradeci e saí da sala né… ia fazer o que depois do mico??

Fui até a secretaria e confirmei que eu me perdi no horário mesmo, ainda bem que estava adiantada e não atrasada… o povo acabou rindo, me disseram que eu poderia ficar numa sala esperando.. mas preferi ir dar uma volta pela cidade, tirei umas fotos e depois vou mostrar para vocês.

Tirei também uma foto da minha sala no intervalo e apesar dela parecer estar cortada ou torta, não está não. Eu tirei sem pegar as três meninas que estavam sentadas do lado esquerdo. Sabe lá se elas curtem sair em fotos de desconhecidos? Eu e a Camilla sentamos perto do professor, a cadeira com a bolsa branca é minha. Bom, por enquanto é isso..

Ha det bra!

14 comentários sobre “Primeiras aulas de norueguês

  1. Que bom Dani🙂 Lendo seu post fiquei lembrando das minhas aulas de inglês e como fico sem piscar para não perder tempo e as palavras – rsrsrsrrsrs
    Vc querendo falar norueguês e eu Inglês…Oh! My God!

    Boa sorte Dani!😀

    • Vivi, nem é querer falar norueguês… é PRECISAR mesmo! Apesar de eu falar inglês, sem o idioma daqui minhas chances de emprego e integração na sociedade diminuem bastante. E não é essa a minha definição de ser feliz. Imagina viver num lugar onde vc não entende o que dizem? Hehe..

      O legal é que a partir do momento que comecei as aulas, os ouvidos se abriram mais.. já reconheço pequenas frases e palavras soltas nas conversas que ouço na rua e em casa. Isso é muito bom🙂

      Vai fundo no inglês, é mto mais fácil que o norueguês! Beijão querida

    • É incrível como meus ouvidos está se abrindo para o idioma… agora o que ouço no rádio e tv não soa mais tão estranho ou indecifrável. Ando nas ruas e já identifico algumas placas e consigo, por exemplo, saber onde é a entrada e a saída sem pagar mico… Marido está ávido para falar comigo em norueguês, isso vai me ajudar com certeza, Mas brigar eu ainda brigo em inglês meso..hehehe.😛

      Que bom que vc voltou Dona Eve!! Bjs

    • Ahh vc vai gostar daqui, mas venha na primavera ou verão.. é muito mais bonito e colorido. Qdo vier me avisa, tem um albergue maneiro no centro da minha cidade (Tonsberg). A não ser que vc faça questão de ficar em Hotel, que custa os olhos da sua cara e dos amigos que vierem com vc. Ou então que vc decida ficar em Oslo, pagando o dobro do que pagaria na minha cidade.

      Bjos

  2. É assim mesmo, quando comecei no alemão o professor tb só falava em alemão, nem pro inglês ele partia na hora das dúvidas. No início a gente estranha, mas rapidinho vc já vai conseguir fazer as perguntas em norueguês mesmo. Nossa, não sei nem qual é o som do norueguês se alguém passar perto de mim🙂 Bjs

  3. Acho esses primeiros passos fundamentalmente corajosos, podemos adiar, inventar desculpas, ir levando e de certa forma cola por ser estrangeira, mas é uma prisão.
    Depois do 1o passo tudo muda, o mundo sorri.
    Espero que vc esteja orgulhosa de si mesma e bola pra frente.

    • A necessidade nos faz corajosos… graças à Deus as coisas aconteceram bem rápido para mim, tenho amigas que esperaram quase um ano pelo visto e sem isso não se pode fazer muito. Claro que vc pode pagar o curso, para ir adiantando os estudos, mas eu esperei apenas um mês pelo visto e mais um mês para o início das aulas.

      Sim, as coisas estão mudando por aqui.. antes eu só ouvia o idioma, estava acostumada, mas não tentava falar e isso foi um erro, tanto que agora esbarro em algumas dificuldades. Mas vamos que vamos e já já estarei mais familiarizada. Acho muito bom o método de aula, é do começo ao fim ouvindo e falando norueguês mesmo. E, ainda que eu pergunte em inglês, a resposta que recebo é em norueguês.

      Estou orgulhosa sim Rosa.. com aquela sensação de “estou acontecendo”, não fiquei parada esperando a vida passar. Qdo queremos algo, temos que nos esforçar né? Um beijo

    • Eu ainda sinto medo, pq se eu não prestar atenção a aula, me perco e quando ele me chama e pergunta algo.. ai ai. Por isso ele frisou no primeiro dia, estudem muito, sejam comprometidos com o aprendizado da língua.

      Como te disse Bete, vc pode ficar numa sala com professor que fale espanhol ou português, isso tudo é conversado na entrevista. E, assim como eu, pratique os exercícios dados em aula com seu marido. O meu pega no pé e está tão empolgado em me ajudar a falar a língua dele que não tem como fugir mesmo. Hehe.

      No fim vc vai ver que muitas palavras são parecidas com as nossa, só o jeito de falar que muda um pouco, mas vc vai entender sim. Eu agora meto as caras nos vídeos do Youtube e na gramática para acompanhar. Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s