Gírias

Segundo a Wikipédia: Gíria, também chamada calão em português europeu, é um fenômeno de linguagem especial usada por certos grupos sociais pertencentes a uma classe ou a uma profissão em que se usa uma palavra não convencional para designar outras palavras formais da língua com intuito de fazer segredo, humor ou distinguir o grupo dos demais criando uma linguagem própria (jargão).

É empregada por jovens e adultos de diferentes classes sociais, e observa-se que seu uso cresce entre os meios de comunicação de massa. Trata-se de um fenômeno sociolingüístico cujo estudo pode ser feito sob duas perspectivas: gíria de grupo e gíria comum.

Leia mais em Wikipedia


Ok.. isso é normal em qualquer lugar do planeta. Mas eu realmente odeio com todo o meu ser homens que conversam com você como se fosse o melhor amigo dele ou outro cara qualquer. Homens, acordem!! Ok, para umas é sexy ouvir umas gírias, tem mulher que adora o sotaque carioca carregado de gírias, mas honestamente…. eu não curto muito não! Vários tomaram toco, ficaram falando sozinho quando começaram a conversa com gírias.

Normal repetirmos o modo de falar das pessoas do lugar onde vivemos, mas nem tanto ao céu nem tanto a terra. Tem coisa mais ridícula do que o cara te cumprimentar dizendo: “Coé?” (o famoso qual é?) ou então se despedir de você com um “Valeu”, valeu o que meu filho?? Mata-me ouvir no meio de uma conversa o “Tá tranquilo”. Por que diabos algumas pessoas repetem/usam  gíria de malandro como se isso fosse bonito? Reparem que pobre adora gíria e cada dia cria mil outras novas.

Uma gerente na última empresa que trabalhei tinha esse hábito (percebam que o problema não é só masculino, affff). Ela atendia os clientes e eu ficava me coçando na cadeira cada vez que ela respondia às solicitações com um “Tranquilo”, “Tá tranquilo”.. ahh sim.. e encerrava a conversa com o famoso “valeu, valeu”. PORRA… o cara é cliente e não amigo íntimo para falar assim! Paga seu salário, então um mínimo de formalidade cai muito bem.

Agora imagina você chegar numa clínica para fazer um exame e ouvir da atendente: “Aí tia, senta ali e espera chamarem teu nome, valeu?” Ou então ser atendida pelo seu gerente no banco assim: “E aí, beleza brou, que que tu manda?” Encerraria minha conta na hora!

Em casa é um problema também, vivo corrigindo meu filho pois ele e os amigos falam muitas gírias (parece lavagem cerebral, um fala o outro já repete e aí propagam essas porcarias), ele fica pau da vida… mas eu não gosto de ouvir mesmo e acho que ele precisa falar direito sim senhor! Ainda bem que na Noruega ele vai esquecer essas porcarias de gírias. Well, pelo menos é o que espero.

Agora pior que as gírias que tanto ouvimos por aí, é ouvir o povo falando errado… inclusive as gírias! Ahh e os que comem os “S” no final das palavras no plural? Só matando…. ! “Meus filho, as menina” e por aí vai.

ARGH!

Anúncios

4 comentários sobre “Gírias

  1. Oi, estava lendo o seu post e é bem interessante a sua visão, eu realmente não gosto de gírias e tento falar e escrever sem usar muitos regionalismos, gírias e expressões chulas. Mas, se você detesta tanto as gírias, porque usa tantos “aff” e “he hes” na sua escrita? Desculpe-me se estou sendo indelicada, mas não é uma contradição?
    Espero não ter sido incômoda ou minha fala ser indesejada, realmente gostei do seu blog e espero ser sempre bem-vinda aqui, fiz apenas uma observação que julguei necessária.
    Um abraço,
    Marina

    • @Marina,

      Se vc lê meu blog ou começou a lê-lo agora, vai perceber que uso algumas expressões sim, algumas gírias. Quanto ao “hehe” isso faz parte da linguagem usada na internet, diferente de contradição.

      O Aff eu até uso no dia a dia, mas vc não vai me ouvir rindo como HEHEHE. Vc ri na vida real, numa roda de amigos como hehe ou hihi, talvez Uuhauahuahauh?? Aposto que não. São expressões que usamos no mundo digital.

      E eu falava das gírias que OUVIMOS por aí, tb uso algumas, como disse, isso é normal em cada região, mas tem gente que exagera e isso me incomoda após um certo ponto.

  2. não se encaixa no quesito gíria, mas eu odeio tanto quanto, aqui as pessoas têm a triste mania de chamar os outros de minha linda, meu amor, querida e isso é com clientes, gente fico doida da vida, e qdo tu deseja bom dia, boa tarde e afins e eles respondem com IDEM!!!! fico pra morrer, confudem intimidade com nem sei o que, pq nem minhas amigas mais intimas e queridas eu trato assim.
    .-= felina´s last blog ..Conselho de amiga =-.

    • @felina,
      He he.. chamar de querida, coração, minha linda, gata.. pode soar como deboche tb né? Eu acho que todo cuidado é pouco qdo se trata de clientes. Formalidades existem para quê afinal? 😛

      Mas qdo me chamam de “coisinha” ou “Colega” cutucando meu braço.. affff, tb é de matar de raiva!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s