Perguntas da Duda

Como explicar a uma criança de cinco anos, que reinava sozinha, que agora ela tem uma priminha e que as atenções, o amor, o mundo dela tem que ser dividido? Explicar até é fácil, mas fazê-la entender sem grandes dramas é outra história. E o ciúme apareceu assim que ela se deu conta de que tudo que era dela, para ela está sendo dividido. Se vê alguém com Sophia no colo, quer colo também, se dizem que amam a neném, tem que dizer o mesmo para ela. Acha que é boneca e quer brincar, pegar no colo..

Outro dia tentou dar um pedaço de pão para a neném comer, ao ser impedida pela avó assustada, disse com a maior naturalidade:

– Por que ela não pode comer? Eu como….

A avó responde que ela não pode comer pão porque é muito pequena ainda e não tem dentes. Ao que Duda retruca:

– Então compra uns dentes para ela.

E as perguntas continuam, pergunta tudo, questiona tudo.. quer saber. Espen me disse que ficaria muito feliz e emocionado se ela lembrasse dele, eu disse que ela lembraria com certeza. Hoje telefonei para falar com a Ana, que fez uma cirurgia recentemente e eu ainda não tinha conseguido tempo para saber como ela estava. Só tinha sabido notícias no dia da cirurgia mesmo. Continuando, perguntei se a Duda lembrava do Espen e ela me disse que sim, lembrava e perguntava dele o tempo todo. O chama de “o querido da Daniela”, ela não diz namorado..ha ha.

Ao falar com ela, a primeira coisa que me disse foi:

– Oi Daniela, cadê o seu querido? Respondi que ele estava muito longe de nós.. e ela disse:

– Mãe, ela disse que o querido dela está muito longe… Quando ele vem aqui me ver? (ela chama a avó de mãe), ahh.. hmm eu te amo muito sabia? (eu me derreto toda ao ouvir isso)

Quando fomos ao McDonald’s Duda ganhou a boneca da dona Florinda, se perguntarem quem deu ela responde: “A Daniela e o querido dela me deram…” Perguntei se ela lembrava o nome dele, ela disse que não,  repeti o nome do Espen  para ela guardar, e ouço isso:

– Daniela vem ficar aqui comigo, estou com saudades tá..? Manda beijos pro Espen. Tchau!

Passei o resto da tarde com um enorme sorriso no rosto… aumentado, é claro, pelo telefonema do meu amor no fim do dia. A vida tem muitas coisas boas.. estão vendo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s