Quem entende?

Essa é uma pergunta que pode ter respostas variadas, surpreendentes, chocantes, miseravelmente comuns ou então não ter resposta nenhuma. Depende muito de quem pergunta, por que razão pergunta e como pergunta… Eu penso demais, já tentei não pensar em nada, não consegui porque fiquei pensando se minha cabeça estava vazia…

Tem dias que minha mente parece uma feira, uma bagunça enorme, com mil coisas ao mesmo tempo passando por ela. O pensamento é tão rápido quanto um piscar de olhos, quando você se dá conta já pensou muita coisa num curto espaço de 30 segundos, por exemplo. E aí são lembranças de todo os tipos, as boas, a ruins, as que te fizeram acordar para a vida, as que te levam para o paraíso e também as vergonhosas (aquelas que só de lembrar você sente cólicas de raiva, remorso ou pavor). Sem falar nas divagações, nos delírios sobre algo, alguém… eu sou mestre em viajar na maionese e imaginar um monstro na minha frente, ainda mais se tiver sentimentos envolvidos.

São pensamentos do que você precisa fazer, do que deseja fazer e sabe que vai ser difícil realizar, do que mesmo sendo difícil você se empenha e faz. Isso tudo passando quase ao mesmo tempo na sua cabeça. Já notou como uma coisa acaba ligando a outra coisa, que muitas vezes não tem nada a ver uma com a outra? Putz, eu me pego sempre pensando “Mas que diabos me fez pensar no fulano agora que estava lembrando da minha primeira coreografia no balé?” Enfim gente, eu disse que penso muito..

Pequenas coisas normalmente detonam um processo estranhíssimo em mim.. basta ver uma cena, ouvir um som, uma bendita frase, palavra ou uma voz, sentir um cheiro, ter um Deja Vu e novamente minha mente enlouquece. Os arquivos, as gavetinhas onde vou guardando as coisas são abertas numa velocidade espantosa e vem a enxurrada de pensamentos de novo. Afff!

Não sei vocês, mas eu canso do que vejo no espelho, canso da cor do meu cabelo, da forma, tamanho e (como toda mulher) odeio quando ele simplesmente se rebela e resolve ser selvagem, indomável, desobediente e horroroso!

Estou indo aos poucos, de vez em quando tenho uns rompantes e isso é perigoso, pois depois me arrependo se fizer bobagem. Por enquanto só mudei a cor, escureci, fechei as mechas loiras, sumi com elas na verdade. Depois vou cortar um pouco.. (psiu, não contem ao Espen, ele me mata se souber). Não minha gente.. ele não manda no meu cabelo, mas eu gosto de agradar meu namorado. E poderia morrer se ele me dissesse “Não gostei. está estranho, feio, esquisito.. o que deu em você para fazer ISSO no cabelo Daniela?” Mulher morre se ouvir isso né? Ou mata um..hahaha! Ainda não tirei foto com essa cor, estou me preparando, me re-conhecendo .. mas confesso que  adoro escurecer o cabelo de vez em quando 🙂

Fora isso, continuo sem entender por que algumas pessoas te adicionam no Orkut, Facebook e etc e não falam com você, não respondem seus recados, emails ou qualquer merda que você envie..O que é meu povo? Estão ali fazendo figuração, fuxicando a vida alheia ou são mal educados mesmo?

Incontáveis vezes já deletei algumas pessoas da listade amigos/contatos e isso me incomoda quando a pessoa é próxima a mim, aí fica aquela saia justa de mando pro espaço ou não? O pior é que foi a própria pessoa quem disse para adiciona-lo à lista… até agora não entendi o motivo, nem o silêncio anyway.

O mundo é estranho…. e eu estou nele.

Anúncios

4 comentários sobre “Quem entende?

  1. Pingback: Tweets that mention Quem entende? « Dona Pedrinha -- Topsy.com

  2. Dani, acho que tudo isso é normal… acontece com todo mundo, a unica diferença é que as vezes agente não pára pra analisar isso tudo ou escrever… e ficamos no “deixa a vida me levar” hehe,
    Eu sempre me identifico com cada coisa que escreve… me sinto muito parecido com sua pessoa… o que difere é que não consigo expôr tudo de forma clara. Já você faz isso tão bem que cada leitura se torna interessantissima e agradavel… 🙂
    Senti um enorme peso na consciência no finalzinho do post, mas que me serviu de alerta… descule por as vezes estar parecendo ausente… espero melhorar. 😦
    Comentei só pra dizer que ainda estou por aqui 🙂
    beijos minha querida!

    • Não se preocupe Willian, o recado no final do post não era para vc, pelo contrário, estamos sempre em contato no Twitter!

      Obrigada por visitar meu blog, comentar e, o melhor, ter gostado do que eu escrevi.. o Espen (e uma dúzia de amigos) ficam falando que eu deveria escrever um livro.. mas livro sobre o quê??

      Bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s